Além do conhecimento técnico: quebrando muros corporativos | Venturus

Além do conhecimento técnico: quebrando muros corporativos

O conhecimento técnico é, geralmente, uma zona de conforto na hora de promover trocas entre colaboradores e colaboradoras, né? Mas, se olharmos fora dessa área “segura”, será que empresas não poderiam incentivar conversas sobre temas não relacionados à sua expertise?

Papos e ações sobre questões sociais e diversidade podem ser usados para quebrar muros corporativos e impulsionar verdadeiras mudanças na vida dos colaboradores e, até mesmo, em toda a sociedade.

O Venturus tem o poder — e talvez até o dever — de compartilhar conhecimentos e promover ações que tragam bons frutos para todos Ventureiros e Ventureiras por aqui. “A empresa é uma estrutura social e deve considerar seu papel enquanto catalisadora de ideias, conhecimentos e referências culturais na vida de cada um de nossos colaboradores e colaboradoras, não apenas no que diz respeito ao seu desenvolvimento técnico”, aponta Andressa Greggio, responsável por Comunicação e Comunidade aqui no Venturus.

 

Um universo de possibilidades muito além do conhecimento técnico

Atualmente, somos cerca de 500 Ventureiros e Ventureiras. Imagina só quantas histórias, preferências, experiências e sonhos temos reunidos por aqui? Favorecer esse ambiente de troca, que permite que as pessoas sejam elas mesmas, tem tudo para criar um dia-a-dia bem mais enriquecedor para cada colaborador e colaboradora.

“Além de ser catalisadora do desenvolvimento profissional das pessoas, a empresa é também uma facilitadora de diálogos, né? Por isso, é dever dela revelar vínculos socioculturais entre os colaboradores. Ignorar que cada pessoa é um universo de referenciais externos em eterna expansão seria virar as costas para a riqueza da individualidade de nossas pessoas — algo que prezamos MUITO no Venturus”, pontua Andressa.

Pensando em tudo isso, optamos por quebrar nossos paradigmas e ir além dos papos sobre conhecimento técnico. Afinal, conforme aponta Andressa, “qualquer ambiente colaborativo que não dialogue sobre cultura, sociedade, comportamento e todas as complexas facetas do interesse humano é cinza e chato demais para se permanecer por muito tempo”. E essa realidade cinza é exatamente o contrário do que queremos propor para nossos Ventureiros e Ventureiras.

Escolhemos ser uma empresa humanizada, com espaço para os mais variados diálogos. No final, é isso que nos permite abraçar cada vez mais a diversidade e impulsionar, de dentro para fora, uma verdadeira mudança em toda a sociedade.

“Há algum tempo, cresceu em nós essa vontade de estender essa prática para quem segue e interage com a gente nas redes sociais. Somos um universo inteirinho e queremos compartilhar isso com o mundo”, conta Andressa.

O caminho mais seguro, certamente, é compartilhar conhecimento técnico. Mas, aqui no Venturus, nunca fomos fãs do caminho mais seguro. Por isso, seguimos assim: com abertura para novos diálogos e em busca de muito mais diversidade para enriquecer essas conversas que acontecem por aqui e que queremos levar para o mundo.

Sente que o ambiente de trabalho do Venturus tem tudo a ver com você e gostaria de fazer parte dessa rotina de trocas que vai bem além do conhecimento técnico? Ative o nosso alerta de vagas para saber quando houverem oportunidades que tenham a ver com o seu perfil.

Veja mais

Entre em contato

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.