Conheça os modelos de computação em nuvem | Venturus

Conheça os modelos de computação em nuvem

Todos os modelos de computação em nuvem traz uma grande transformação digital. Muitas pessoas acreditam que a computação em nuvem é uma simples mudança de estruturas on-premises para o uso de servidores em nuvem.

Entretanto, ela oferece uma infinidade de possibilidades e serviços. Assim, ainda existem muitas dúvidas relacionadas a qual modelo escolher antes de ir efetivamente para a nuvem. Nesse artigo, vou descrever os principais modelos  e ajudar você na sua escolha.

 

On-Premises

Antes de iniciarmos o entendimento dos modelos de Cloud, vamos dar um passo atrás e entender o que é on-premises.

On-premises, basicamente, refere-se a toda infraestrutura que você mesmo precisa gerenciar na sua empresa. Isso inclui servidores, aplicações, redes, armazenamento, virtualização, etc — ou seja, ele não é um modelo de nuvem.

 

IaaS (Infrastructure as a Service)

O IaaS é o modelo de computação em nuvem mais próximo da infraestrutura on-premise. Ele é um modelo pago conforme o seu uso. Nele, o provedor de nuvem pública fornece serviços de infraestrutura para a sua empresa.

Esse modelo é amplamente utilizado quando a empresa tem uma aplicação on-premise e deseja colocá-la na nuvem com o “menor esforço possível”. Entretanto, vale pontuar que, pelo fato deste estar muito próximo à infraestrutura on-premises, você ainda precisa gerenciar muita coisa nesse modelo, como sistemas operacionais, middlewares, runtimes, updates, etc.

 

PaaS (Platform as a Service)

O PaaS vai além da infraestrutura on-premise. Nesse modelo, o provedor de nuvem pública gerencia não somente o hardware, mas também o software. Isso possibilita que a empresa, recebendo o serviço, foque apenas no desenvolvimento da aplicação.

O PaaS é amplamente utilizado quando você vai iniciar uma aplicação totalmente Cloud-native ou quando você deseja um “time-to-market” mais rápido.

 

SaaS (Software as a Service)

O SaaS é um modelo de computação em nuvem em que toda a aplicação está na nuvem e você paga apenas um “aluguel” para utilizá-la.

Nesse modelo, você não gerencia nem implementa nada, tudo isso é feito por um provedor. Um bom exemplo de aplicação SaaS é o Office365.

A seguir, uma tabela que demonstra de maneira gráfica os 3 modelos em questão, mais o on-premises.

Modelos de Computação em Nuvem

 

Hoje, a computação em nuvem proporciona uma infinidade de opções para atingir o objetivo da sua organização. O grande desafio é escolher o que mais se adequa ao seu negócio.

Aqui no Venturus estamos há mais de 25 anos de mercado, ajudando na transformação digital de empresas de múltiplos setores. Desenvolvemos soluções exclusivas para atender às necessidades dos nossos clientes, incluindo plataformas e projetos com desenvolvimento e entrega feitos diretamente na nuvem.

Para saber como podemos ajudar na sua jornada com Computação em Nuvem, entre em contato com um dos nossos especialistas através formulário no fim da página!

Veja mais
Design
Vinicius Felix

Princípios de Design de Interação

Os princípios de Design de Interação permeiam nossas vidas de diversas formas. Quando nós interagimos com um produto, precisamos descobrir como ele funciona. Isso significa
Leia mais »

Entre em contato

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.