O que você precisa saber sobre a vnt/school? | Venturus

O que você precisa saber sobre a vnt/school?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Criada no ano de 2020, a vnt/school — a universidade corporativa da Venturus — tem o propósito de promover tanto a capacitação quanto o desenvolvimento das competências técnicas e comportamentais dos profissionais de tecnologia. 

Com mais de 25 anos de atuação, o Venturus é um instituto do segmento de tecnologia que busca desenhar o futuro com a cocriação de soluções altamente exclusivas para cada parceiro e cliente. Com valores voltados à cultura de aprendizagem e à entrega com excelência, o compartilhamento de conhecimento está no sangue da empresa e, justamente por essa razão, nasceu a vnt/school. 

Neste artigo, o intuito é abordar mais a fundo as origens da vnt/school, os seus objetivos, o seu diferencial, entre outras informações igualmente relevantes. Para tanto, contamos com toda a expertise de Priscila Maria Salvaterra Botto Barbosa, que é especialista em treinamentos e também responsável pela universidade corporativa. Continue a leitura e entenda tudo que é interessante saber sobre essa iniciativa! 

Qual é a origem da vnt/school?

Inicialmente, é fundamental pontuar que as universidades corporativas nasceram da necessidade da área de educação corporativa se aproximar às decisões estratégicas das empresas. A finalidade era ter um diferencial sustentável e competitivo, desenvolvimento dos profissionais contínuo e, por conseguinte, a geração de resultados. 

Nesse sentido, Priscila ressalta, inclusive, que “é um olhar de desenvolvimento de competências não só para obter um desempenho melhor nas atividades atuais dos colaboradores, mas, sim, para o futuro”. A ideia é dispor de pessoas preparadas para novos projetos e posições quando tais oportunidades surgirem. 

Quais são os objetivos dessa universidade?

Como objetivo principal da vnt/school, é possível destacar a promoção da capacitação e do desenvolvimento das competências técnicas e comportamentais dos profissionais de tecnologia — contribuindo não apenas para Ventureiros e Ventureiras, mas para a comunidade de TI como um todo, havendo treinamentos e eventos voltados a públicos mistos e exclusivamente externos. Ou seja, são oferecidos treinamentos de qualidade para a comunidade tecnológica e, consequentemente, há uma colaboração para a formação de novos talentos e uma abertura para o mercado de trabalho. 

Priscila destaca, nesse contexto, uma pesquisa realizada pela Brasscom, que evidencia tal necessidade. O levantamento feito aponta que, em 2024, caso não haja um forte investimento na formação de novos profissionais, é possível que a área de tecnologia apresente um gap de 260 mil profissionais. 

Como são avaliadas as competências que a vnt/school busca desenvolver?

Priscila explica que, anualmente, é feito um levantamento das necessidades organizacionais que indicam quais treinamento serão oferecidos durante o ano. Esse levantamento é feito a partir de: 

  • demandas estratégicas; 
  • radar tecnológico; 
  • informações contidas no Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) dos Ventureiros. 

Acerca desse último — o PDI —, é interessante pontuar, inclusive, que ele é retomado anualmente, contudo, é trabalhado durante todo o ano. Os colaboradores passam pelo período de avaliação de desempenho anual e, a partir dos apontamentos levantados (os pontos fortes e os que requerem melhorias) com os gestores, são selecionadas ações ou questões a serem trabalhadas durante o novo ciclo de avaliação. 

Após o levantamento e a análise dos materiais que serão disseminados, o cronograma anual das ações é estruturado. “Durante o ano, caso surja alguma necessidade que não foi apontada inicialmente, nós a analisamos levando em consideração a nossa estratégia e, então, realizamos ou não a ação”, pontua Priscila. 

Por que os treinamentos técnicos da vnt/school são um diferencial? 

“Nas nossas ações de treinamento, nós procuramos desenvolver conteúdos que foquem tanto a teoria quanto a prática”, detalha Priscila. Ademais, ela complementa que a atuação é bastante fundamentada no modelo 70/20/10 e baseada na andragogia — educação voltada para adultos. 

A responsável pela universidade corporativa da Venturus ressalta, ainda, que há uma busca pela coconstrução das ações junto aos alunos. Assim, leva-se em conta a relevância de se trabalhar o aprendizado de maneira colaborativa. 

A partir dessa percepção, uma das maiores missões dessa iniciativa, que é disseminar um conhecimento técnico de alta qualidade, também ganha visibilidade. Isso porque a Venturus tem como um dos seus pilares culturais o aprendizado e, como um dos seus objetivos, o reconhecimento por excelência técnica. 

Os demais diferenciais da universidade corporativa da Venturus 

A responsável pela vnt/school acrescenta que a universidade corporativa “tem como principal diferencial estar dentro de uma empresa que ‘respira’ tecnologia, com pessoas altamente qualificadas para disseminarem o seu conhecimento e que estão em busca de atualização constante”. Dessa forma, dispor de conteúdos que sejam formulados por esses especialistas faz toda a diferença, afinal, há uma união da experiência prática do dia a dia com o embasamento teórico. 

Isso garante a entrega de uma significativa riqueza de detalhes — além de dicas — para quem almeja aprender algo novo. 

Quais são os diferentes públicos para os quais a universidade corporativa da Venturus é indicada e por quê? 

Priscila afirma que a vnt/school pode atender aos mais diversos públicos interessados em adquirir conhecimento em tecnologia. Porém, isso depende, naturalmente, da estratégia que é adotada na construção de cada curso. A verdade é que essa questão está altamente associada ao momento em que cada pessoa está na sua jornada profissional. 

Nesse sentido, ela acrescenta: “Podemos atender a estudantes de tecnologia, a pessoas que estão dispostas a migrar de carreira, a profissionais seniores que querem se atualizar ou buscar novos conhecimentos, entre outros”. 

O que é importante destacar acerca dos cursos oferecidos?

Internamente, as iniciativas de compartilhamento de conhecimento vão desde Tech Talks — que têm duração de uma hora — a trilhas de aprendizagem — que podem chegar a 60 horas de curso —, abordando temas variados, como: 

  • DevOps; 
  • Android; 
  • Scrum; 
  • Design Sprint; 
  • Java; 
  • Node; 
  • React; 
  • automação de testes; 
  • Cloud. 

O incentivo para que novos conhecimentos sejam adquiridos é constante. “Para o público externo, também temos o nosso programa de férias — o Venturus4tech —, que teve a sua 9ª edição este ano, abordando o tema React”, pontua Priscila. Ela também ressalta que, ao longo das nove edições, houve cerca de 1.950 inscrições, 300 alunos capacitados, 425 horas de aulas ministradas e mais de 35 contratados. 

Ainda de acordo com ela, houve “para a comunidade, várias ações de programas de Education Recruiting em parceria com a ShareRH”. Entre os temas abordados estavam, por exemplo, Kotlin, Node e Mobile: Android. Além disso, foram mais de 220 pessoas formadas. 

A especialista nos treinamentos da universidade corporativa pontua, inclusive, que, no próximo ano, 2022, ocorrerá o lançamento do curso de Android, com ministração pelo Ventureiro Igor Escrodo. Os participantes terão a oportunidade de aprender desde o seu conceito até a forma como se dá a publicação de aplicativos na Play Store. 

Acerca dos benefícios que essa novidade trará para a comunidade de TI, Priscila afirma que são muito significativos, destacando, em conclusão: “desenvolvimento na carreira escolhida, preparação para o mercado de trabalho, aprendizado contínuo e de forma estruturada e contato com profissionais ‘feras’ no assunto a ser compartilhado”. 

Como você pôde ver, a vnt/school, inegavelmente, nasceu para auxiliar na progressiva demanda que tem se observado no setor de tecnologia, capacitando profissionais e impulsionando-os à ocupação de posições mais técnicas e específicas. Compartilhando dos valores da Venturus voltados à cultura de aprendizagem e à excelência técnica, a universidade corporativa contribui para uma contínua evolução da área. 

E então? Tem interesse em saber mais sobre como atuamos para desenvolver o futuro, sempre em busca do novo e fazendo o amanhã acontecer hoje? Então, entre já em contato conosco! 

Veja mais

Entre em contato

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.