Conheça o Programa de Mentoria do Venturus | Venturus

Conheça o Programa de Mentoria do Venturus

Aqui no Venturus, o desenvolvimento dos nossos Ventureiros e Ventureiras é uma prioridade. Buscamos fortalecer nossa cultura de aprendizado através de diferentes iniciativas. Uma delas é o nosso programa de mentoria. Com ele, juntamos a experiência com a vontade de aprender e todo mundo sai ganhando.

Para te apresentar essa iniciativa, convidamos três Ventureiros que participaram dessa ação com perspectivas diferentes. Camila Anunciação, Lúcio Duarte e Edson Pereira vão nos contar como o programa de mentorias do Venturus nasceu, de que forma ele funciona hoje e quais benefícios traz para as nossas pessoas.

 

Nasce um programa de mentoria…

Essa iniciativa nasce de uma prática que já existia aqui dentro do Venturus: procurar um colega de projeto para pedir dicas ou até mesmo uma mentoria. “Pensamos, então: por que não oficializar e criar um programa com responsáveis por encontrar os possíveis mentores e facilitar a ponte com os mentees?”, conta Camila, Analista de Pessoas e Cultura no Venturus.

A iniciativa saiu do papel com a criação de um grupo focal com pessoas diversas da organização. Todo o programa foi desenhado com muito carinho e, em 4 meses, foi apresentado com todos os detalhes aos Ventureiros e Ventureiras. Logo de cara, foi super bem recebido.

Inclusive, a Camila faz parte da área que pegou essa atribuição de desenvolver o programa de mentoria. É em desenvolvimento humano que a magia acontece. Para ela, essa iniciativa complementa o desenvolvimento, dá liberdade para as pessoas poderem escolher um tema específico — tanto para aprimorar quanto para aprender algo novo.

“O programa foi criado para fomentar a cultura de aprendizagem, ser ponte entre pessoas com vontade de compartilhar e vontade de aprender, independente se estamos falando de hard skills ou soft skills”, completa a analista.

 

A iniciativa na prática

O Programa de Mentoria funciona com o trabalho em equipe

Beleza, mas como isso funciona no dia a dia? Calma, a gente te explica. Tudo começa na “formação” dos mentores. Um Ventureiro ou uma Ventureira que deseja ser responsável por uma mentoria precisa realizar alguns passos. Primeiro, realizar um treinamento específico para mentores e mentoras e passar por um alinhamento com o time da Camila.

Com essas etapas devidamente concluídas, a pessoa recebe o Kit Mentor(a), que contém um manual para o mentor, uma listinha de dicas e foto de capa personalizada para configurar o Workplace e facilitar a identificação pelos outros colaboradores.

“Criamos o hall do mentor, que divulgamos a cada 15 dias no Workplace. Inserimos informações como quem são nossos mentores e quais skills eles estão prontos para mentorar. Assim, o pessoal que se identifica já pode entrar em contato”, explica Camila.

Edson, Gerente de Operações aqui na Venturus, oferece mentoria de Gerenciamento de Projetos, Liderança, Certificações e Estudos e Gestão de Pessoas. Ele afirma: “hoje, eu sou procurado por pessoas para saber quantos mentees (mentorados ou mentoradas) tenho e se podem esperar para participar da minha mentoria”. Incrível, né?

 

Uma verdadeira troca

Não é só o mentee que se desenvolve no programa de mentorias, viu? O Lúcio, Desenvolvedor Pleno no Venturus, faz mentoria de Liderança, Vendas Consultivas e Comunicação. Ele foi o mentor do Edson e diz que a pessoa que mentora também se desenvolve e aprende nessa missão. Para ele, a experiência de mentorear é muito gratificante, com o processo de apoio constante e de muita troca.

“Entendo que o processo de mentoria deve ser construído para ajudar e guiar o(a) mentee a atingir um objetivo específico. Isso pode ser feito através de provocações, materiais de apoio relevantes, compartilhamento de vivências do mentor ou da mentora buscando uma troca fluida de experiências”, Lúcio pontua.

Para ele, cada processo de mentoria é único, mesmo quando se trabalha com temas parecidos. “Quando falamos de experiências, entendemos que cada mentee tem a sua, que foi moldada em diversos momentos ao longo dos anos.”

Edson também considera a experiência muito rica. Ele conta que, enquanto mentee, saiu com o sentimento de acrescentar um bloco de conhecimento no seu repertório. Através de muita teoria, indicações e conversas com o mentor, ele consegue levar esse conhecimento à prática.

“Minha curiosidade foi atendida e encontrei no Lúcio uma pessoa com a qual posso contar para outras situações. Conheci ele através do programa. Eu recomendo a todas as Ventureiras e Ventureiros”, ele acrescenta.

 

O impacto para Ventureiros e Ventureiras

O Programa de Mentoria trouxe noa energia à organização

Hoje, tem até uma fila de espera para mentorear, sabia? Segundo Camila, sempre tem gente procurando ela para indicar que já finalizou o treinamento para ser mentor ou para contar que está nessa tal fila de espera.

“Poder ter participado de todas as fases desse projeto, desde a idealização até aqui me enche de orgulho dos nossos colaboradores e colaboradoras. É muito nítido que temos muito forte essa cultura de aprender e compartilhar”, ela acrescenta.

E os números do programa exaltam esse sucesso: temos 38 duplas ativas e 26 duplas que já finalizaram a mentoria até agora. Sem essa vontade de aprendizado contínuo dos Ventureiros e Ventureiras, o programa não teria dado certo.

Para Camila, é tudo muito gratificante. Ela afirma: “me aquece o coração. Vejo que estamos no caminho certo e faz muito jus ao nosso mote que é: você cresce, eu cresço”.

Se interessou pelo programa de mentoria do Venturus? Caso você tenha toda essa sede de aprender e se desenvolver constantemente, aqui pode ser o lugar ideal para você. Venha crescer com a gente!

Veja mais

Entre em contato

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.