Tendências tecnológicas na Manufatura em 2020

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

As chamadas fábricas digitais estão transformando a manufatura enquanto implementam novas tecnologias e também incentivam profissionais a buscarem novas competências e qualificações. O presente e o futuro da manufatura estão sendo definidos por essas novas tendências que já são vistas em ambientes industriais. A maioria dessas tendências terão impacto nesse e nos próximos anos, mostrando a importância de se manter atualizado quanto ao entendimento sobre como funcionam e quais seus impactos na indústria. 

Confira algumas tendências industriais para 2020. 

Manutenção preditiva 

Manter as máquinas trabalhando é primordial para o sucesso de uma fábrica. A habilidade de prever falhas e mitigar problemas de paradas de máquinas tem alto valor financeiro, por isso, ter um plano de manutenção efetivo auxilia no ciclo de produção contínuo e diminuição de gastos. A análise de dados de operação e de máquinas permite otimizar o momento de manutenção em tempo real, estendendo a vida útil dos equipamentos e mantendo a operação fluindo sem paradas. 

Um cenário comum da aplicação de técnicas de aprendizado de máquina é a Regressãoque através da aquisição dos dados do equipamento através de sensores e logs internos em casos de sucesso, permitem o reconhecimento de padrões de falha. No entanto, a implementação desse tipo de solução não é simples, já que há muitas variáveis ligadas à falha de um equipamento como: qualidade da ferramenta, temperatura, velocidade de operação etc.  Entender quais medidas possuem maior peso e buscar insights através desse comportamento é a chave para o sucesso dessa tecnologia. Manter históricos de falhas e comportamentos anormais de máquinas é o primeiro passo para integrar uma solução preditiva. 

Realidade virtual e aumentada 

Há sempre uma confusão no entendimento das tecnologias representadas pelas siglas VR (realidade virtual) e AR (realidade aumentada). A primeira representa um cenário onde o usuário é transportado para um ambiente virtual totalmente imersivo através de óculos de realidade virtual. O segundo permite a inserção de objetos virtuais na tela de um smartphone ou tablet que interagem com o cenário exibido na tela e com o usuário. Uma terceira opção é a realidade mista, onde elementos digitais de AR são inseridos no ambiente virtual.  

Essa relação de AR/VR permite muitas possibilidades no cenário industrial. O desenvolvimento e criação de produtos (imersão no ambiente e elemento digital), melhoria de processo (simulação real da linha de produção num ambiente imersivo) e treinamentos são exemplos onde a tecnologia pode ser utilizada. 

Manufatura Inteligente  

Indústria inteligente já é realidade. É um ambiente composto por máquinas e dispositivos conectados que juntos integram um cenário de tecnologias como Internet das Coisas, Automação, Robôs Inteligentes, Processos Digitais etc. Essa rede permite a criação de insights que tornam o processo industrial eficiente e mais próximo do cliente final. A proeminente chegada do 5G irá alavancar ainda mais a integração desses sistemas devido as caraterísticas físicas da rede (baixa latência, maior velocidade e possibilidade de redes particulares). A possibilidade de obter dados em tempo real com maior abrangência e diretamente na fonte de dados – edge computing – trará mais cenários para a aplicação da IA além de permitir maior eficiência produtiva. 

Cibersegurança 

O assunto segurança de informação já é antigo e extremamente importante. A possibilidade de tornar tudo e todos conectados e em quantidade massiva trouxe novas questões quanto à privacidade de dados, sejam pessoais ou industriais. Em se tratando da indústria, a tendência não muda. Mais máquinas e sensores distribuídos – todos conectados – para permitir ganhos maiores de produtividade. Do mesmo jeito que a tecnologia permite cenários de grandes conquistas, ela também permite situações de riscos. Hackear instalações está cada vez mais fácil e de formas jamais pensadas. Um simples pendrive pode ser o suficiente para instalar um software malicioso automático em máquinas. O cabo de carga do celular pode conter um dispositivo sem fio embarcado que permite acesso remoto. E as possibilidades vão muito além. A habilidade de uma empresa de se proteger de ataques é importante e deve continuar sendo prioridade nos próximos anos. 

Nuvem 

Pode até parecer que Nuvem já é assunto do passado. Para algumas grandes empresas pode ser, no entanto, a maioria das pequenas e médias empresas não usa a solução. Instituto de pesquisa norte-americano IDC prevê que 70% das empresas de manufatura estarão utilizando serviços na Nuvem até 2022 

O crescimento da infraestrutura e avanço da tecnologia permitiu o surgimento de softwares como serviço, chamados de SaaS (exgoogle drive, dropbox etc.) que mesmo as grandes empresas ainda estão em passos lentos para utilizarem. Esses serviços dispõem de soluções que integram o cenário de manufatura inteligente e segurança. Como a inserção de dispositivos IIoT (Internet das Coisas Industrial) está batendo recordes e com previsões gigantescas nos próximos anos, o uso de serviços na Nuvem é essencial em relação a infraestrutura e custo. 

Impressão 3D 

A fabricação de peças que antes só era possível através de usinagem se tornou acessível através de impressoras 3D. Os mais variados equipamentos 3D se tornaram relativamente acessíveis aos makers e às indústrias no geral. A possibilidade de poder fabricar peças em plástico, por exemplo, permite modelar e simular produtosexecutar testes funcionais, obter maior rapidez na fabricação de peças para linha de produção etc. A expectativa ainda é de crescimento já que, cada vez mais, os equipamentos estão melhorando em resolução da impressão e com novos materiais plásticos. No entanto, a impressão 3D ainda não substitui a usinagem final na maioria dos cenários.  

Como o mercado industrial avança em automação e software, o uso da impressão 3D é um diferencial a ser incorporado na manufatura pois desbloqueia restrições de produção que requerem partes complexas e resistentes. 

Conclusão 

A década está sendo marcada por grandes mudanças no cenário tecnológico. Quebras de paradigmas tanto no processo industrial quanto na qualificação dos profissionais são grandes desafios a serem atendidos. As empresas que abraçarem as mudanças elaborando uma estratégia de inovação serão diferenciadas e mais competitivas no cenário industrial. As tendências tecnológicas mostram que há oportunidades que agregam valor à operação, além de trazer ganhos financeiros e melhor eficiência produtiva.  

Veja mais
Agronegócio
Roberto Okumura

Os impactos da rede 5G no agro

As redes de telecomunicações 5G, também conhecidas como a próxima geração da rede de internet móvel, estão iniciando as suas operações em dezenas de países
Leia mais »
Tecnologia
Bruno Kenji

O que é SOLID?

Escrito em parceria com Igor Escodro. Como desenvolvedores, estamos constantemente tentando implementar as melhores soluções para nossos clientes, considerando os requisitos e restrições que nos
Leia mais »
Campinas / SP - Brasil

Estrada Giuseppina Vianelli di Napolli, nº 1.185
Condomínio GlobalTech Campinas
Polo II de Alta Tecnologia
CEP 13086-530 – Campinas – SP
+55 (19) 3755-8600

+55 (19) 3755-8600
contato@venturus.org.br

Bitnami